GRSA

BLOG GRSA

Conheça os benefícios da ginástica laboral

Durante o período de isolamento social, a ginástica laboral em formato virtual foi uma das atividades oferecidas pela GRSA|Compass, com o objetivo de contribuir para a saúde física dos colaboradores. Isso porque durante a jornada de trabalho é comum que as pessoas fiquem muito tempo sentadas em frente ao computador, descuidem da postura e, até mesmo, realizem movimentos repetitivos.

Com a pandemia surgiu, ainda, o desafio de trabalhar em casa, em ambientes que nem sempre são adequados. Por isso, os poucos minutos da ginástica laboral passaram a ser grandes aliados da saúde.

A educadora física Renata Martins Pereira, especialista em ginástica laboral, explica que o profissional que está em boa condição de saúde e sem dores, consegue se concentrar mais e, consequentemente, trabalhar melhor. “A pausa no trabalho para a realização de uma atividade como a ginástica laboral, mesmo que por poucos minutos, traz uma série de benefícios aos colaboradores”, explica.

O que é a ginástica laboral?

É um programa de recuperação e manutenção da qualidade de vida aplicada no local de trabalho (ou home office, de forma virtual, como aconteceu durante o isolamento social).

Benefícios para o colaborador:

Contribui para a redução do sedentarismo, do cansaço e do estresse. Além disso, ajuda a prevenir as doenças provocadas por movimentos repetitivos, melhora a circulação sanguínea, a postura e contribui para o foco e a concentração.

Vantagens para a empresa:

A laboral diminui os índices de acidentes de trabalho e absenteísmo, melhora a produtividade e estimula o trabalho em equipe.

Classificação:

Existem quatro tipos de ginástica laboral:

  • Preparatória: é feita antes do início da jornada de trabalho como forma de preparar o corpo para a jornada. A atividade ativa o corpo e dá disposição para as atividades.
  • Compensatória: é feita durante o expediente de trabalho para aliviar eventuais dores musculares.
  • Relaxamento: é feita poucos minutos antes do final do expediente para reduzir o estresse e aliviar as tensões.
  • Corretiva: combate eventuais efeitos negativos de estruturas ergonômicas inadequadas.
Aplicação

O educador físico ou profissional capacitado são os responsáveis por promover a atividade. “Somente profissionais habitados devem conduzir as atividades para garantir a correta realização dos exercícios”, reforça Renata.

A ginástica laboral também é uma excelente forma de estimular a interação entre as pessoas, por promover um ambiente descontraído que é propício para a integração social.